B.O Online

Fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.) numa delegacia não é algo agradável para a maioria das pessoas.

Para o alívio e comodidade, é possível fazer o B.O. pela internet. Os serviços virtuais prestados pela Polícia Judiciária Civil são: Extravio de documentos, Furtos, Denúncia, Exercício Ilegal da Profissão, Desaparecimento de Pessoas, Calúnia, Difamação, Ameaça, Constrangimento Ilegal, Violação de Domicilio, e Pré-Registro de B.O.

É muito prático e rápido, e assim que a ocorrência for enviada, o (a) comunicante receberá um e-mail avisando se a solicitação foi PROCEDIDA (ou não). Se foi procedida, o boletim de ocorrência estará disponível para impressão e, também, encaminhada para a delegacia de polícia (no caso da região da grande Cuiabá/MT, é a 1º Delegacia de Polícia). Esse B.O. tem a mesma validade jurídica que aqueles registrados presencialmente.

ATENÇÃO: Cada delegacia virtual tem regras específicas em relação à violência doméstica e agressões físicas graves. Leia bem antes de fazer o B.O.

O Blog da Bárbara Fontes realizou pesquisas em todos os estados brasileiros, e segue abaixo os que possuem sites de delegacias virtuais (com a prestação de serviço de B.O.). Os estados que não aparecem aqui, são por motivos variados como página não disponível ou por não apresentarem claramente um acesso à delegacia virtual.

 

REGIÃO CENTRO-OESTE:

MATO GROSSO

MATO GROSSO DO SUL

GOIÁS

DISTRITO FEDERAL

REGIÃO NORTE:

PARÁ

AMAZONAS

AMAPÁ

TOCANTINS

RONDÔNIA

REGIÃO NORDESTE:

MARANHÃO

ALAGOAS

BAHIA

PIAUÍ

CEARÁ

RIO GRANDE DO NORTE

PERNAMBUCO

PARAÍBA

SERGIPE

REGIÃO SUDESTE:

SÃO PAULO

RIO DE JANEIRO

MINAS GERAIS

ESPÍRITO SANTO

REGIÃO SUL:

PARANÁ

RIO GRANDE DO SUL

SANTA CATARINA

 

Anúncios

Publicado por

barbarafontes

Bárbara Fontes é formada em Comunicação Social pela UFMT. Especialista em Educação (Cinema e Educação). É cineasta, jornalista, roteirista, fotógrafa e poetisa. Seu primeiro trabalho em Assessoria de Comunicação foi em 1995. Iniciou no Cinema/Audiovisual/TV em 1994. Passou temporadas em vários países como Uruguai, Argentina, Bolívia, Panamá. Morou em Estocolmo, capital da Suécia, entre os anos de 2000 a 2002. Sua primeira entrevista para a televisão foi aos 12 anos, no programa de variedades, Vitrine, da TV Centro América. Aos 13 anos, escreveu seu primeiro artigo, publicado no jornal impresso, Correio Várzea-grandense. Desde que se conhece por gente, escreveu histórias, composições musicais, roteiros e poemas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s