O mínimo salário mínimo

O novo salário não chega a mil reais.

No primeiro dia do ano, o trabalhador brasileiro e assalariado tomou um banho de água gelada na alma: o novo salário mínimo foi decretado abaixo do esperado.

Mal o Presidente da República, Jair Bolsonaro, tomou a posse do cargo, na tarde de 1º de janeiro, saía em edição extra (edição especial) do Diário Oficial da União, o Decreto Nº 9.661, que estabelece o valor do salário mínimo, que era de R$ 954,00 para R$ 998,00. O decreto foi assinado por Bolsonaro, e também pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

O decreto também dispõe o valor diário do salário mínimo, de R$33,27; e o valor horário, a R$ 4,54.

 

O novo salário mínimo é o segundo decreto publicado na tarde de 01/01 (o primeiro foi o Decreto Nº 9.660, relacionado com a administração pública federal).

 

DECRETO Nº 9.661, DE 1º DE JANEIRO DE 2019

Decreto n9661_salariominimo

Por que ficou assim?

Segundo a Agência Brasil/EBC,

 

O salário mínimo é usado como referência para os benefícios assistenciais e previdenciários. O mínimo é corrigido pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) dos dois anos anteriores.”

 

 

Anúncios

3 comentários em “O mínimo salário mínimo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s