Prouni

Último dia de inscrições (3/2)

Como é evidente que há mais candidatos no Enem do que vagas para entrar numa universidade pública, o Ministério da Educação (MEC) criou em 2004, o programa “Universidade para Todos” (Prouni), que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

É uma forma de incluir as pessoas que têm dificuldades para entrar ou se manter nas universidades públicas. Não basta entrar numa estadual ou federal, também é preciso ter condições de se manter nos quatro, cinco ou seis anos de estudos puxados. Apesar de que as universidades possuem programas específicos para alunos de baixa renda, nem todos conseguem esses benefícios. Quem deseja participar do Prouni, verifique se terá condições de se manter, caso opte por um curso de período integral. O programa tem o Bolsa Permanência, uma ajuda financeira para se manter nos estudos – saiba mais no final desta matéria.

enem1Dia_Univag_creditoBarbaraFontes_Easy-Resize.com
Arquivo/Blog da Bárbara Fontes

Em 15 anos, o programa “Universidade para Todos”, o ProUni, atendeu mais de 2,4 milhões de estudantes. As instituições privadas que aderem ao programa recebem isenção de tributos.

 

Ofertas de Bolsas

São ofertadas 243.888 bolsas, sendo:

116.813 integrais e 127.075 parciais (50%).

Essas bolsas são distribuídas em 1.239 instituições de educação superior brasileiras. Segundo o MEC, “esta é a maior oferta de bolsas da história do ProUni, desde sua criação, em 2005”.  Para conseguir bolsas integrais, o (a) candidato (a) deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. No caso das bolsas parciais,  a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. O programa conta com o Fundo de Financiamento Estudantil (Novo Fies), que possibilita ao bolsista parcial financiar parte da mensalidade não coberta pela bolsa.

 

O Prouni é destinado aos:

* Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola.

* Estudantes com deficiência.

* Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

 

 

Como participar do programa (1º semestre de 2019)

* Ter participado do Enem de 2018 e ter obtido no mínimo 450 pontos na média das notas.

* Não pode ter tirado zero na Redação.

 

 

Inscrição no Prouni

Deve entrar no site do programa e informar o número de inscrição do Enem 2018 e a senha mais atual cadastrada no Enem. Os candidatos podem conferir as bolsas disponíveis, pesquisando por curso, instituição ou município. As inscrições somente pela internet e se estendem até as 23h59 de 3 de fevereiro, horário oficial de Brasília. O resultado da primeira chamada será divulgado na próxima quarta-feira, 6 de fevereiro.

 

Segundo a Assessoria de Comunicação do MEC,

No segundo dia de inscrições, até as 19 horas, foram registrados 658.544 inscritos e 1.254.803 inscrições, considerando as duas opções de escolha dos candidatos, no processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni). O programa concede bolsas de estudo em cursos de graduação em instituições de educação superior privadas.”

 

Cronograma

Prouni_2019_Cronograma

Saiba mais: 

Prouni aqui.

Bolsa Permanência (Prouni) aqui.

SISU aqui.

SISU inscrições aqui.

Anúncios

Publicado por

barbarafontes

Bárbara Fontes é formada em Comunicação Social pela UFMT. Especialista em Educação (Cinema e Educação). É cineasta, jornalista, roteirista, fotógrafa e poetisa. Seu primeiro trabalho em Assessoria de Comunicação foi em 1995. Iniciou no Cinema/Audiovisual/TV em 1994. Passou temporadas em vários países como Uruguai, Argentina, Bolívia, Panamá. Morou em Estocolmo, capital da Suécia, entre os anos de 2000 a 2002. Sua primeira entrevista para a televisão foi aos 12 anos, no programa de variedades, Vitrine, da TV Centro América. Aos 13 anos, escreveu seu primeiro artigo, publicado no jornal impresso, Correio Várzea-grandense. Desde que se conhece por gente, escreveu histórias, composições musicais, roteiros e poemas.

4 comentários em “Prouni

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s