Educação Fiscal

Instituições de Várzea Grande e Tangará da Serra participam de prêmio nacional

 

 

Mato Grosso está bem representado no Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2019, com duas participações: da Associação Social Civil Abaiuc-Asca de Várzea Grande, e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), campus avançado de Tangará da Serra. A instituição várzea-grandense inscreveu o projeto “Lugar de criança e adolescente feliz é aqui!”, sob coordenação de José Diaz de Souza. O segundo projeto, “De olho na aplicação dos recursos públicos da educação brasileira” é coordenado por Joseano Lira Santos.

Considerado o Oscar da Cidadania, o evento é promovido pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite). A solenidade de entrega do Prêmio ocorrerá no dia 28 de novembro, na sede da Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo (Afresp). Serão selecionadas como finalistas pela Comissão Julgadora: 06 escolas, 04 instituições, 04 projetos de tecnologia e 04 reportagens.

 

logo_premio

 

 

Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2019

A premiação tem por objetivos valorizar, promover e premiar ações e projetos que envolvam temáticas de Educação Fiscal. O evento é realizado desde 2012.

 

 

Despertar a cidadania e a consciência fiscal é fundamental, pois quando temos ciência sobre a finalidade de impostos, a necessidade, e que têm que ser investidos em infraestrutura, saúde, educação, etc., despertamos para a cobrança”. (Flávio Emílio Rodrigues Auerswald, presidente da Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais – Afismat)

 

Segundo Flávio, o prêmio estimula a produção do conhecimento sobre a arrecadação e os gastos públicos e que somente assim é possível desmistificar alguns conceitos disseminados no Brasil. “Muitos reclamam da carga tributária, dizendo que é uma das mais altas do mundo, mas na verdade o problema no nosso país não está na arrecadação, mas no controle dos gastos públicos. A Noruega, por exemplo, tem uma carga tributária mais alta que a brasileira, mas lá a população tem o retorno correspondente em serviços públicos. Então, tem que ter a visão do todo para conseguir entender”, explica.

 

 

 

Categorias

Além das instituições, o prêmio abriu inscrições nas categorias de:

*Escolas =  educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, públicas e privadas;

*Imprensa =  profissionais de comunicação com atuação em mídia (impressa, TV, rádio ou internet);

*Estudantes = universitários do curso de Jornalismo com reportagens publicadas em jornais laboratório impressos ou digitais;

*Tecnologia = destinada a amadores, profissionais e organizações da iniciativa pública, privada ou do 3º setor, que desenvolvam ou financiem o desenvolvimento de aplicativos, jogos e programas para computadores ou dispositivos móveis, aplicados ou destinados à Educação Fiscal.

 

IMPORTANTE: as inscrições para Escolas e Instituições estão encerradas. Inscrições para as categorias Imprensa e Tecnologias ainda estão abertas.

 

 

 

******

Publicidade

Aprenda INGLÊS de forma prática, barata e eficaz! Saiba mais AQUI.

*******

 

 

 

Trabalhos inscritos e muitas etapas

Segundo a organização do evento, a edição deste ano recebeu 301 trabalhos inscritos: 216 de escolas; e 85 de instituições de 23 estados e do Distrito Federal de escolas públicas, universidades federais, estaduais, prefeituras municipais, secretarias de finanças e tributação, tribunais de contas, dentre outras que atuam com as temáticas da função social dos tributos, da qualidade do gasto público e do acompanhamento do retorno dos recursos à sociedade.

 

Não basta apenas se inscrever, todos os inscritos devem passar por algumas etapas:

 

*verificação = nas próximas semanas os projetos inscritos passarão para fase de verificação “in loco” que será coordenada pelas Associações Filiadas à Febrafite. A Coordenação-Geral da premiação encaminhou e-mail para todos os projetos solicitando o envio da documentação até o dia 06/09 para a filiada em cada estado de origem. Após o recebimento da documentação, a filiada realizará as visitas no período de 09/09 a 10/10. Esta fase encerra no dia 10 de outubro. Após essa etapa, a coordenação publicará nos sites do prêmio (links do final desta matéria) a relação dos projetos classificados à fase de julgamento final.

 

*Julgamento = acontece até o dia 18/10, conforme critérios definidos no Regulamento 2019.

 

*Classificação = serão classificados até 3 projetos por estado em cada categoria (3 de escolas e 3 de instituições).

 

*Finalistas = até o dia 04 de novembro será publicada a lista dos 18 finalistas da edição que participarão da solenidade de entrega do Prêmio no que será no dia 28 de novembro, na sede da Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo (Afresp). A Comissão Julgadora escolherá como finalistas: 06 escolas, 04 instituições, 04 projetos de tecnologia e 04 reportagens.

 

 

 

Premiações

Nove trabalhos postulantes serão os vencedores desta edição:  3 escolas, 2 instituições, 2 jornalistas e 9 projetos de tecnologia.

Os prêmios em dinheiro variam de R$ 2 mil a 10 mil.  Ao todo, serão distribuídos mais de R$ 50 mil em premiação. Os coordenadores dos projetos vencedores (escolas de instituições) serão premiados com R$ 1 mil para cada em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em sua região.

 

 

 

Realização

A Febrafte realiza o Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2019 em parceria com a Secretaria da Receita Federal do Brasil (SRF), Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), Centro Interamericano de Administrações Tributárias (Ciat), Ministérios da Educação e da Economia, Associações Filiadas, e o fundamental apoio dos Grupos de Educação Fiscal Estaduais.

 

 

 

Saiba mais:

Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2019, acesse AQUI.

Inscrição Categoria Imprensa, acesse AQUI.

Inscrição Categoria Tecnologia, acesse AQUI.

Site da Febrafite, acesse AQUI.

 

 

O BLOG DA BÁRBARA FONTES é um site independente e se mantém por meio de recursos próprios e doações dos leitores. Saiba mais:

Campanha “AMIGOS DO BLOG”, acesse aqui e colabore

 

Anúncios

Publicado por

barbarafontes

Bárbara Fontes é formada em Comunicação Social pela UFMT. Especialista em Educação (Cinema e Educação). É cineasta, jornalista, roteirista, fotógrafa e poetisa. Seu primeiro trabalho em Assessoria de Comunicação foi em 1995. Iniciou no Cinema/Audiovisual/TV em 1994. Passou temporadas em vários países como Uruguai, Argentina, Bolívia, Panamá. Morou em Estocolmo, capital da Suécia, entre os anos de 2000 a 2002. Sua primeira entrevista para a televisão foi aos 12 anos, no programa de variedades, Vitrine, da TV Centro América. Aos 13 anos, escreveu seu primeiro artigo, publicado no jornal impresso, Correio Várzea-grandense. Desde que se conhece por gente, escreveu histórias, composições musicais, roteiros e poemas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s