Tecnologia de Inovação

Sistema Famato apresenta o primeiro AgriHub Space de Mato Grosso, o maior de inovação em Agro do Brasil

O século XXI está entrelaçado com inovações tecnológicas provenientes das startups. Com elas também surgem novos conceitos, paradigmas e projetos que visam suprir demandas de todos os setores da economia, principalmente, a cadeia produtiva agrícola. Atenta a isso, o Sistema Famato apresentou, na semana passada (09.10), durante coletiva de imprensa, o AgriHub Space – o primeiro hub de inovação de Mato Grosso. O objetivo de conectar empresas, produtores rurais, startups e o ecossistema agrícola e de inovação. O hub é composto pelas empresas parceiras Amaggi, Agro Amazônia/Sumitomo Corporation, Tropical Melhoramento e Genética Ltda (TMG) e a Rede de Fazendas Alfa. O Sistema Famato e a empresa de tecnologia LM Ventures encabeçam o projeto considerado o maior de inovação em Agro do país.

 

 

unnamed

Apresentação do conceito AgriHub Space para imprensa. Crédito: Ascom Famato

 

 

A Famato é uma instituição representativa dos produtores rurais de Mato Grosso. Nós queremos trazer empresas que trabalham com novas tecnologias para a atividade que nós fazemos. E nós podemos contribuir para essas empresas também com a questão da prática, onde dizer o que funciona e o que não funciona. O mundo está cheio de startups e aqui nós estamos atraindo as que irão se dedicar a descobrir novas tecnologias para o agro”, explica Normando Corral, presidente do Sistema Famato, para o Blog da Bárbara Fontes (BBF) sobre a parceria da instituição com o projeto AgriHub Space.

 

 

 

O que é Startup e Hub de Inovação?

As novas tecnologias também inserem novos conceitos que, aos poucos, são compreendidas pelas pessoas. Segundo o site médium.com, startup é uma empresa de base tecnológica com alto padrão de crescimento. Hub de inovação congrega em um espaço, as startups, as médias e grandes empresas, e potenciais investidores, portanto, voltado para geração de negócios. Um hub também pode ser entendido como um ecossistema.

 

 

 

AgriHub Space

Segundo informações da assessoria de imprensa da Famato, o espaço físico e digital de 400 m² está instalado no Edifício Famato e funcionará como uma incubadora de startups e ponto de conexão. O local conta com salas de reunião, salas para parceiros, salas flex, mini auditório com capacidade para 35 pessoas. Além do espaço físico, o hub contará com profissionais que darão suporte às empresas parceiras, provedores de tecnologias e as startups incubadas. A inauguração está prevista para dezembro deste ano.

 

BlogdaBarbaraFontes2_out2019

Crédito: Bárbara Fontes

 

Mas por que criar um ambiente de inovação no Centro-Oeste?  “Mato Grosso é o maior estado produtor agrícola do Brasil, e quando se pensa em resolver problemas de produção tem de estar aqui”, explica Magnos Arantes, diretor da LM Ventures, empresa que opera o Agrihub Space.

 

 

 

Chamada para Startups

Para utilização do AgriHub Space será divulgada uma Chamada, prevista para até o dia 21 de outubro, para startups brasileiras e estrangeiras que tenham o perfil exigido, isto é, que estão aptas para trabalhar com inovações voltadas para o Agro. A equipe técnica do AgriHub Space realizou um diagnóstico das principais necessidades das empresas já parceiras, Amaggi, Agro Amazônia/Sumitomo Corporation e TMG. Esses diagnósticos serão utilizados para a seleção das startups que devem apresentar soluções e aplicações práticas de tecnologias que resolvam demandas apontadas neste primeiro levantamento.

 

 

 

A gente pode ter um problema que tem várias soluções como equipamentos, softwares, roterização logística, ou com problema químico e fazer uma pré-calda. A gente não está procurando uma única solução. E inovação é isso, pegar um problema real e olhar de maneira aberta para o mercado, e para várias possibilidades de soluções. Conseguir trazer as startups para conversarem com um produtor ou uma empresa agrícola, e fazer com que se testem na prática a ideia, o produto ou um conceito que tenham efetividade melhor”, comenta Magnos Arantes para o BBF.

 

 

 

Devem ser selecionadas de 8 a 15 startups que participarão de um programa de nove meses, sem custo de participação. Durante o período, elas receberão um pacote de serviços gratuitos para ajudá-las a se desenvolver. Poderão usufruir do espaço físico e digital, e ainda terão acesso a um programa de ajuda comercial para se conectarem com as empresas parceiras e os produtores da Rede de Fazendas Alfa. A partir de um problema resolvido, o produtor ganha na produtividade, e a startup gera benefícios econômicos ao ganhar um cliente e colocar um produto no mercado.

 

 

No Agrihub Space também será oferecido uma rede de serviços aos empreendedores e agentes de inovação (agtechs), com o intuito de acelerar novos negócios e aproximar o mercado e as agtechs. Para o mercado serão oferecidos treinamentos, workshops, painéis temáticos, desafios de inovação, projetos abertos, meet-ups cursos de mentores, dias de mentorias a startups entre outros. “A gente vai ajudar as startups a se desenvolverem e a conectá-las com os potenciais clientes”, finaliza Magnus.

 

 

 

*Esta matéria do BBF também contém informações da Ascom/Famato

 

O BLOG DA BÁRBARA FONTES (BBF) é um site independente e se mantém por meio de recursos próprios e doações dos leitores. Saiba mais:

Campanha “AMIGOS DO BLOG”, acesse aqui e colabore

 

 

BBF nas redes sociais:

Página no Facebook, acesse AQUI.

Grupo no Facebook, acesse AQUI.

Instagram: @barbarafontes2018

LinkedLn, acesse AQUI.

Twitter: @BarbaraFontesBR

Site do BBF: http://www.blogdabarbarafontes.com

E-mail: blogdabarbarafontes@gmail.com

 

 

ATENÇÃO

As matérias, reportagens e qualquer outro conteúdo produzido possuem direitos autorais, isto é, exclusivo do Blog da Bárbara Fontes e foi pesquisada, apurada, escrita e publicada por sua editora, Bárbara Fontes. Cada pauta tem um custo e exige muito trabalho para fazer! O plágio é uma atitude covarde e que não deve ser tolerada. Portanto a autora NÃO AUTORIZA a reprodução/veiculação em outros sites, blogs e plataformas (qualquer uso na internet). Também NÃO AUTORIZA a reprodução/veiculação em veículos de comunicação (TV, emissoras de rádio e qualquer meio impresso). Plágio é crime!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um comentário em “Tecnologia de Inovação

  1. Pingback: AgroTech – Blog da Bárbara Fontes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s