BBF NOTÍCIAS

Drops BBF – Mato Grosso

08 de julho

Política: AMM realiza na tarde de hoje videoconferência

Desafios dos Gestores Frente ao Comportamento do Mercado Durante a Pandemia acontece nesta quarta-feira, 8 de junho, às 15 horas. A reunião remota, que vai debater a aquisição de insumos e medicamentos com a devida transparência e segurança, contará com a participação de prefeitos e prefeitas, além de representantes do Ministério Público Federal-MPF, Ministério Público Estadual-MPE, Tribunal de Contas do Estado-TCE e Ministério Público de Contas-MPC. O evento é uma realização da Associação Mato-grossense dos Municípios -AMM. (Assessoria AMM)

*******

Justiça Federal determina que Crea-MT viabilize eleição pela internet

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-MT) deve providenciar em até 72 horas os atos necessários à realização das eleições para o Sistema Confea/Crea via on-line, em atendimento à legislação eleitoral. A determinação veio por meio do juiz federal Raphael Casella de Almeida Carvalho, da 8ª Vara da Seção Judiciária de Mato Grosso.

II
Segundo assessoria do CREA-MT, o processo eleitoral do Sistema Confea/Crea está agendado para o dia 15 de julho, mas, por decisão do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) foi mantida sua realização no formato presencial. A ação, impetrada por um profissional do Sistema, tem por objetivo resguardar prioritariamente a saúde de profissionais, funcionários e candidatos aos cargos disputados, que ficariam expostos à Covid-19.

III
A decisão judicial segue a Resolução 1.114/2019 do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), que, além de prever a realização das eleições no formato on-line, ainda disciplina a forma de votação e apuração dos votos, tanto na legitimidade de seus atos, como na segurança e saúde de todos os envolvidos. Decisão similar foi preferida no dia 02 de julho pelo desembargador federal Nery Júnior, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região de São Paulo, que também determinou que o Crea-SP viabilize a realização da eleição virtual para presidência da entidade.

*******

06 de julho

Nota MT I

A Secretaria de Fazenda definiu o novo calendário de sorteios do Programa Nota MT para o restante do ano de 2020. Segundo assessoria, o primeiro sorteio acontece na próxima semana (13/07). Até o mês de dezembro a Secretaria de Fazenda vai promover dois sorteios por mês. O novo cronograma será publicado no Diário Oficial ainda nesta segunda (06/07).

Nota MT II

Por conta da pandemia provocada pelo novo coronavirus (COVID-19), os sorteios foram suspensos em março deste ano em razão de a Caixa Econômica ter paralisado as extrações da Loteria Federal, que servem de base para a geração dos números a serem premiados no Nota MT. Quatro sorteios do Nota MT deixaram de ser realizados. No entanto, as notas fiscais emitidas com CPF nesse período continuam a ter validade.

Nota MT III

De acordo com assessoria, o primeiro sorteio mensal acontece no dia 13 de julho, com as notas emitidas entre 1º a 30 de junho. Nele serão sorteados 1.005 prêmios, sendo mil de R$ 500 e 5 de R$ 10 mil. Na semana seguinte, dia 20, acontece o sorteio especial de São João (que deveria ter sido realizado no dia 25 de junho). Serão distribuídos 5 prêmios de R$ 50 mil cada. Para a premiação especial foram emitidos 4.518.480 bilhetes, a partir das notas fiscais com CPF emitidas ente 1º de março a 31 de maio.

*******

19 de junho

Saúde Pública

Por meio de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), as LGBTQI+ podem doar sangue. O Ministério da Saúde (MS) acatou e todos os Estados devem cumprir a resolução.

Em Mato Grosso, o MT-Hemocentro realiza a Campanha de Doação de Sangue LGBTQI+ entre os dias 22 a 26 de junho. Os interessados devem apresentar um documento com foto expedido por órgão oficial. Só poderão ser doadores (a) quem atender os requisitos exigidos pelo MS.

Saiba mais:

Campanha de Doação de Sangue LGBTQI+

Cuiabá: MT-Hemocentro – Rua 13 de junho, 1055, Bairro Centro Sul.

Interior: para consultar se no seu municipio há uma Unidade de Coleta e Transfusão, ligue: 3623-0044.

Agendamento: entre em contato por 3623-0044 ramal 220/221 ou por Whatsapp 98433-0624.

Período: 22 a 26/06/2020.

*********************************

25 de março

Presidente da AMM apoia pacote econômico de urgência para municípios

O recurso de R$ 88 bilhões vem dos cofres do governo federal e visa atender as ações emergenciais de enfrentamento ao coronavírus. Segundo a Agência de Notícias da AMM, do montante anunciado, Mato Grosso deverá receber R$ 13 bilhões. Segundo o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga,
“é necessário socorrer as prefeituras que já enfrentam dificuldades financeiras. Oferecer o mínimo de segurança aos gestores que já estão investindo em ações para enfrentar a disseminação do novo coronavírus, e garantir mais assistência à população”.

Ajuda financeira

No pacote de auxílio aos estados e municípios de todo o país, estão incluídos: a transferência para a área da saúde, no valor de R$ 8 bilhões, no período de quatro meses. O orçamento para a assistência social no valor de R$ 2 bilhões. A recomposição FPE e FPM com a previsão de liberar R$ 16 bilhões, além da suspensão das dívidas dos estados com a União estimado em $ 12,6 bilhões, a renegociação com bancos relacionada a dívidas de estados e municípios no valor de R$ 9,6 bilhões e as operações com facilitação de créditos no valor de R$ 40 bilhões. (Informações da Agência de Notícias da AMM)

Movimento Municipalista

O Governo Federal também se comprometeu em cumprir outras reivindicações do movimento municipalista, apresentadas pela Confederação Nacional dos Municípios e as entidades municipalistas, como incremento de repasses para os fundos de saúde e a recomposição de valores da área de assistência social. O presidente da AMM, Neurilan Fraga, esclarece que a recomposição dos Fundos de Participação dos Municípios-FPM e FPE), é uma das 17 reivindicações do movimento apresentadas ao governo e discutidas, em reunião na CNM com as lideranças de entidades estaduais.

Movimento Municipalista II

De acordo com o pacote do Governo Federal, o valor previsto de R$ 16 bilhões para os fundos funcionará como um seguro para perda de arrecadação de transferências da União. A quantia será uma garantia para manutenção dos Fundos de Participação dos Municípios (FPM) e dos Estados (FPE) no mesmo patamar de 2019. (Com informações da Agência de Notícias da AMM)

***************************

24 de março

Governo vai decretar estado de calamidade pública em Mato grosso

O governador Mauro Mendes decidiu decretar estado de calamidade pública em Mato Grosso, como medida necessária para combater o coronavírus no estado. Segundo informação da Secom-MT, divulgada na noite desta terça-feira (24), os detalhes da medida serão editados amanhã, durante a reunião com o Gabinete de Situação, montado para monitorar a epidemia.

Calamidade Pública em MT

A decisão em decretar a calamidade foi tomada como forma de auxiliar os 141 municípios do Estado, que precisam adotar uma série de ações contra a pandemia. Desta forma, os prefeitos conseguem mais flexibilidade e menos burocracia para dar cabo das medidas urgentes que a luta contra o coronavírus exige.

**********************

Casos suspeitos de Coronavírus cresce em Mato Grosso

Segundo Nota Informativa da Secretaria de Estado de Saúde (SES), publicada no fim da tarde desta terça-feira (24), há sete casos confirmados e 269 suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. Há 13 pacientes hospitalizados. Cuiabá lidera com cinco casos confirmados e 42 suspeitos. Os casos são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Coronavirus em MT: Laboratórios credenciados

A Nota Informativa da SES também confirma autorização de dois hospitais particulares a realizarem exames para diagnóstico do Covid-19:
Laboratório Carlos Chagas, e Hospital Santa Rosa de Cuiabá-MT. Os resultados para Covid-19 emitidos por estes laboratórios já são considerados válidos.

****************************

MPF destina recursos obtidos com a Operação Porteira Aberta para combate a covid-19 em Barra do Garças (MT)

Segundo informações da Assessoria do MPF-MT, o município de Barra do Garças (MT) receberá cerca de R$ 300 mil para auxiliar no combate a covid-19. O recurso é proveniente de colaborações premiadas homologadas na Operação Porteira Aberta, deflagrada pelo Ministério Público Federal (MPF) em junho de 2018. O pedido da destinação do montante foi encaminhado à Justiça Federal, que prontamente atendeu a solicitação do MPF.

MPF II

A decisão favorável da Subseção Judiciária Federal de Barra de Garças foi dada na tarde de segunda-feira (23). Os próximos passos agora serão a abertura de uma conta judicial na qual será depositado o valor para que a Secretaria de Saúde municipal inicie o processo de aquisição dos equipamentos e medicamentos solicitados. A partir de então, a Secretaria deverá prestar contas dos gastos, apresentando nota fiscal dos produtos adquiridos, recebimento e atesto de entrega do produto/material, imagem do produto recebido, registro de tombo do produto (inserção no patrimônio da unidade hospitalar) e indicação da conta bancária do fornecedor do produto para que seja realizada a transferência judicial.

MPF III

A cada 30 dias, durante o prazo de seis meses, a Secretaria deverá apresentar ao MPF informações quanto ao número de atendimentos realizados no escopo do projeto apresentado (prevenção e combate à pandemia da covid-19 em Mato Grosso).

**********************

Pagamento de salários de servidores do executivo continua em dia

A crise mundial provocada pelo COVID-19, desestabilizou economias mundial. Em Mato Grosso não é diferente, e apesar do atraso no fechamento da Folha de Pagamento, os servidores do executivo receberão seus salários na data prevista, 10 de abril.

Coronavirus em Mato Grosso

Segundo Nota Informativa da Secretaria de Estado de Saúde (SES), publicada na segunda-feira (23), há seis casos confirmados e 210 suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. Os casos são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Coronavirus em Mato Grosso II

Os casos confirmados do COVID-19 são em Cuiabá (5) e Várzea Grande (1). Já as ocorrências que levantam a suspeita do vírus estão em Alta Floresta (3), Araputanga (1), Aripuanã (3), Barão do Melgaço (1), Barra do Garças (1), Cáceres (3), Campo Novo do Parecis (6), Campo Verde (3), Comodoro (3), Cotriguaçu (1), Cuiabá (21), Guaratã do Norte (1), Guiratinga (1), Ipiranga do Norte (1), Juína (2), Juruena (1), Lucas do Rio Verde (6), Matupá (2), Nova Monte Verde (1), Nova Mutum (1), Nova Olímpia (1), Nova Xavantina (1), Novo Horizonte do Norte (1), Paranatinga (3), Pedra Preta (1), Peixoto de Azevedo (1), Pontes e Lacerda (2), Poxoréo (1), Primavera do Leste (5), Rondonópolis (17), São José do Rio Claro (3), Sapezal (2), Sinop (14), Sorriso (1), Tabaporã (2), Tangará da Serra (13), Terra Nova do Norte (1) e Vila Bela da Santíssima Trindade (1).

Coronavirus em Mato Grosso III

Na última quinta-feira (19), o Laboratório Central do Estado de Mato Grosso (Lacen-MT), unidade de referência para análises epidemiológicas relacionadas a COVID-19, iniciou a realização dos testes de diagnóstico do coronavírus no Estado. Até então, as amostras para COVID-19 chegavam ao Lacen e, a depender da análise negativa para outros vírus, eram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo – um dos laboratórios de referência nacional. A partir de agora, o Lacen trabalhará com o prazo de até 72h para divulgação do resultado, após a amostra entrar no laboratório estadual; prazo que auxilia na celeridade das investigações. (Com informações da Secom-MT)

************************
28 de fevereiro

Agronegócio: Aprosoja celebra 15 anos com lançamento de minissérie na web

Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) lançou nesta quinta-feira (27.02), em todas as plataformas digitais, a série Cultivando um Novo Tempo, com três episódios que contam a história dos 15 anos da entidade, que possui mais de 6 mil associados. O primeiro episódio, intitulado “Fundação” traz três associados Carlos Sfreddo, Rui Prado e Rogério Salles, que contam as principais dificuldades da época, falam o porquê da criação da entidade e o que pensam do futuro dessa representação. Os próximos vídeos estão previstos para março. Acompanhe a minissérie AQUI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s