Especiais

Saúde Pública: Projeto 1º Berço – Caixa do Tesouro

HBSH_1Berço_Dr.Marceloentregakit_Assessoria

Dr. Marcelo Sandrin entrega kit 1° Berço. Foto: Nathália Monteiro/Assess

Pioneiro no continente americano, projeto mato-grossense de berço sustentável completa dois anos

A chegada de um bebê na família, geralmente é cercada de amor, alegria e boas expectativas. Ninguém está preparado para perdê-lo, ainda mais por motivos que podem ser evitados. Infelizmente a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI) por sufocamento ou esmagamento é mais comum do que se imagina. Em 2014, o jornal norte-americano Pediatrics realizou pesquisa onde se constatou que 55% dos bebês dormem em situações que favorecem a morte súbita. “A morte súbita do berço acontece quando a criança dorme e morre por sufocação devido a uma torção da cabeça ao girar o corpinho, mas não consegue girar a cabeça porque é muito grande. Isso acontece principalmente com os prematuros. Também há casos de mortes por esmagamento na cama por compartilhamento com os pais (ou um deles), babás e outras pessoas da família. O bebê é tirado do berço seja para amamentar ou outro motivo e fica na cama, a pessoa adormece e pode rolar em cima do bebê”, esclarece o presidente do Hospital Beneficente Santa Helena (HBSH), Marcelo Sandrin, para o site BBF. O médico é idealizador do projeto 1º Berço – Caixa do Tesouro, que no dia 17 de julho completou dois anos de existência.

HBSB_Dr.MarceloSandrin_Assessoria

O médico Marcelo Sandrin é idealizador do projeto 1º Berço no Brasil. Foto: Nathália Monteiro/Assessoria

Se tivermos o bercinho de papelão que não permite o rolamento e impede que a mãe ou o pai deite em cima da criança, claramente esse tipo de morte súbita do berço vai ser diminuída, e principalmente a morte por esmagamento vai ser abolida”. (Dr. Marcelo Sandrin)

Inspiração finlandesa

De acordo com assessoria do HBSH, o projeto do berço sustentável já beneficiou cerca de 17 mil mães, e visa promover a diminuição da Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI) por meio de um kit, entregue às mães que recebem alta no Santa Helena, com uma caixa feita de papelão forrada com um colchão especial. As mães recebem ainda alguns itens de primeira necessidade como lençol, toalha, sabonete, cueiro, fralda de pano, brinquedo e uma caixa de lenço umedecido.

Foto: Nathália Monteiro/Assessoria

A caixa berço funciona como uma barreira mecânica que impede o bebê de virar-se e ficar de bruços, posição agravante para a SMSI. O objeto pode ser colocado na cama e o bebê terá a companhia da mãe durante o sono sem correr riscos. A inspiração do projeto veio da Finlândia, país situado no norte da Europa, que por meio de política pública contempla gratuitamente todas as mamães, independente de classe social, com o mesmo kit que as parturientes do HBSH recebem após alta hospitalar. O berço de papelão é a mais segura e mais barata, porém, vendido nos Estados Unidos e em alguns países europeus. O projeto mato-grossense de doação de berços é pioneiro em todo continente americano.

Comemoramos dois anos de efetivo serviço à comunidade. A gente só tem a agradecer aqueles que sempre se dispõem a contribuir com nosso trabalho e mesmo não podendo comemorar a data, por conta do momento difícil que estamos vivendo, da Pandemia, quero deixar registrado meu compromisso com nossas mães e nossos bebês no sentido de continuar oferecendo conforto e segurança para esse início de vida.” (Marcelo Sandrini)

Parcerias

O projeto 1º Berço – Caixa do Tesouro conta com a parceria de médicos voluntários, da Comunidade e também por meio do Programa de Ação Social da Unimed Cuiabá – PróUnim.

HBSH

O Hospital Beneficente Santa Helena é o que realiza mais partos pelo Sistema Único de Saúde em Mato Grosso.

(Reportagem BBF com Assessoria de Imprensa/HBSH)
Foto de capa: Nathália Monteiro/Assessoria

Gostou da matéria? O BBF é um site independente e se mantém por meio de recursos próprios e doações. Faça parte dos “AMIGOS DO BBF”. Clique na imagem para mais informações. Sua ajuda é importante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s