Mulheres da Terra!

Cena Onze leva ao público uma peça baseada em fatos reais

Quando a apresentação de “Mulheres da Terra” termina, a sensação é de ter passado por um ritual de passagem. Não há como sair da Sala Anderson Flores, no Cine Teatro Cuiabá, indiferente, como se nada tivesse acontecido. Aconteceu sim, um tsunami de sensações como espanto, arrepio, comoção, risos, choros e um despertar para uma realidade que não é nossa (gente da cidade).

MulheresdaTerra1_Easy-Resize.com
Crédito: Bárbara Fontes

O ritual começa já na entrada da sala, uma banda toca uma canção de letra forte e as cadeiras estão ao redor de um círculo cheio de terra (um teatro de arena) e dentro dele há uns panos – depois vi que eram as vestidos. No primeiro ato há um julgamento num tribunal de justiça (e o público faz parte disso), de um lado as rés, mulheres simples, agricultoras acusadas de invasão de terra; do outro lado, uma jovem advogada defendendo os interesses de seus ricos clientes fazendeiros.

 

mulheresdaterra4_CreditoCena11
Crédito: Cia Cena Onze de Teatro

 

A partir desse julgamento, toda uma trama é desenrolada e vamos conhecendo cada uma das mulheres da terra:  Vera, Miguelina, Ivani, Germanba, Leonora, Dorcina, Raimunda, Maria Ivanildes, Lindaura, Camila e Aline.

 

 

 

MulheresdaTerra2_Easy-Resize.com
A personagem Bete (bandeira verde no ombro) desperta para a realidade das mulheres da terra junto com o público. Crédito: Bárbara Fontes

E magistralmente, também testemunhamos a conversão da jovem advogada Bete que, após uma crise de consciência, desperta para a verdade da luta das mulheres trabalhadoras rurais, que ela prejudicou lá no julgamento. Bete, finalmente, compreende que nem sempre a justiça é justa. O despertar de Bete que acontece no decorrer da peça, se entrelaça com o despertar do público – uma fruição acontece naturalmente e torna uma luta de todos.

 

MulheresdaTerra3
Crédito: Bárbara Fontes

“Mulheres da Terra” é uma linda adaptação do livro “Dez mulheres, muitas vidas”, da jornalista Scheilla Gumes e do fotógrafo Andenor Gondim, com relatos de trabalhadoras rurais mato-grossenses.  O livro se torna peça de teatro pelas mãos do diretor da Cia Cena Onze de Teatro, Flávio Ferreira, e dos atores Heloise Godoy e Gustavo Teixeira. Meses atrás, Flávio Ferreira me mostrou esse livro que estava em sua mesa no escritório. Ele estava encantado com a ideia de adaptar o livro para o teatro. O elenco da peça foi até as comunidades rurais, no interior de Mato Grosso, conhecer pessoalmente as mulheres que sobrevivem em um ambiente dominado pelo agronegócio, e algumas delas vivenciaram maus tratos e a escravidão em fazendas!

 

Aline_Easy-Resize.com
Aline interpreta ela mesma na peça. Crédito: Bárbara Fontes

 

Aline, que faz parte da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e foi uma das entrevistadas pela jornalista Scheilla Gumes, conversou com o Blog da Bárbara Fontes sobre a sua participação na peça:

“O livro Dez Mulheres, muitas vidas foi escrito com a nossa contribuição, são mulheres que são acompanhadas pela CPT. O Cena Onze teve acesso ao livro e adaptou a peça, trazendo novos personagens, entre elas, eu e a Elizabete (a advogada Bete que também é da CPT). Na verdade, foi na quinta-feira (10/05) que vim para ensaiar e começara peça.

Aline, que não é atriz, estava tão bem a vontade no palco que pareceu fazer parte do Cena Onze há anos!

 

 

IMG-20180516-WA0017
Olha a Bibi (de óculos) com as atrizes da peça Mulheres da Terra!!

 

Eu achei bacana ver adolescentes assistindo a peça. Eu levei a minha filha Bianca e percebi que ela ficou muito comovida e no final do espetáculo, ela quis falar com as atrizes. A peça foi assunto em casa, na escola e na casa de meus pais por vários dias. É importante incentivar a garotada, que passa muito tempo no mundo virtual, frequentar o Teatro.

 

“Mulheres da Terra” é um espetáculo que merece ser visto e sentido! Se você estiver em Cuiabá ou pretende vir para a capital de Mato Grosso até o dia 16 de junho, vá assistir! Viva uma experiência única de se conectar com as histórias das mulheres trabalhadoras rurais. É singelo, triste, alegre e belo – um mix de sensações libertadoras provocadas pelas interpretações viscerais das atrizes Andressa Duarte, Gabriella Korkiewicz, Heloise Godoy, Keveny Kessia e Tatyane Silva.

Saiba mais:

fotobabi_Easy-Resize.com
Crédito: Bárbara Fontes

Espetáculo Mulheres da Terra

Em cartaz até 16 de junho (somente às sextas e aos sábados).

Horário: 19h30

Ingresso: R$ 20,00

Local: Sala Anderson Flores, Cine Teatro Cuiabá – Cuiabá/MT

Ficha Técnica:

Elenco
Heloíse Godoy: Magistrada, Dorcina e Irmã Vera
Tatyane Silva: Ivani, Germana e Irmã Leonora
Andressa Duarte: Maria Ivanildes e Lindaura
Keveny Kessia: Bete, Miguelina e Raimunda
Gabriella Korkiewcz: Camila

Participação especial: Aline (da Comissão da Pastoral da Terra)

Núcleo Musical:
Direção Musical: Paulo Fábio
Trilha Sonora: Paulo Fábio, Abel Dy Anjos e Flávio Ferreira
Percussão: Josué Carvalho

Voz: Clélia Gattass, Ingrid Arruda, Kayla Ilana e Clarinda Castro
Ficha técnica
A Voz Do Brasil: Heliodorio Nery
Narração em Áudio: Bete Flores
Iluminação: Lorivaldo Rodrigues
Criação Audiovisual: Bruno Pinheiro
Cenário: Pedro Celestino
Coreografia: Mackson Alexandre
Figurino: Jane Klitzke
Operador De Áudio: Ronaldo José
Contrarregras: Aguilar Benedito e Devaldo Siqueira
Design Gráfico: Renato Gama e Marcondes Araujo
Produção: Agda Goes
Assistentes de Direção: Heloíse Godoy e Ronaldo José
Livro: Dez Mulheres, Muitas Vidas (Scheilla Gumes e Adenor Gondim)
Adaptação: Flávio Ferreira, Gustavo Teixeira E Heloíse Godoy
Direção Geral: Flávio Ferreira

Anúncios