Brasil ponto br

No princípio era o índio Entre o céu e a terra Mundo nu e livre E não havia vergonha Aparece o português Extrai tudo entre o céu e a terra O índio é vestido e cativo Tudo é vergonha Chegou o negro Escravidão entre o céu e a terra Costas nuas sangrando a chicotes Vergonha […]

Leia mais…