Gastronomia

O Blog experimentou: muito além da Bloomin’ Onion!

 

O Blog da Bárbara Fontes foi convidado para um almoço especial no Outback Cuiabá, localizado no Shopping Estação. A proposta era conhecer os cortes de carnes nobres oferecidos. Foi um momento muito interessante para o Blog porque já estava na pauta fazer uma matéria sobre os famosos cortes de carne – aqueles que a gente vê nos programas de culinárias das TV aberta e por assinatura. 

 

Os tipos de cortes da Outback Steakhouse:

 

*Sirloin – miolo da alcatra;

*Contra-filet;

*Filet-mignon;

*T-bone – este famoso corte de carne em que o filet mignon e o contra-filet ficam unidos por um osso em forma de T;

*Ribeye – um corte exclusivo da parte superior da costela bovina

 

As carnes são retiradas da parte superior dos gados das raças Hereford e Angus, das fazendas de criação localizadas na Argentina. As carnes são macias porque passaram por três processos: a marmorização, onde os pequenos filetes de gordura se dissolvem quando são cozidos; a tenderização, um processo de perfuração para soltar as fibras naturais da carne; e a maturação, um processo natural da ação de enzimas que deixam a carne mais macia.

 

Em seguida, as carnes são embaladas a vácuo, mantendo-as conservadas e protegidas contra bactérias. O Outback criou para os seus colaboradores um Manual de Boas Práticas para a manipulação correta de alimentos. Os fornecedores de carnes devem cumprir todas as exigências da Vigilância Sanitária e ter o certificado de manipulação segura de alimentos. Todos os ingredientes utilizados na preparação dos pratos são rigorosamente frescos e os itens que compõem o cardápio são preparados diariamente pela equipe de outbackers – como são chamados os funcionários.

 

 

O Blog experimentou e aprovou!

O meu almoço foi assim: um maravilhoso (e inesquecível!) Arroz Tâsmânia, com o corte de carne Ribeye (foto de capa desta matéria). Também experimentei a Caesar Salad e um suco de morango com laranja (eles não se misturam!). A sobremesa foi a extraordinária Passion Mango Parfait, um creme aveludado de manga, maracujá, amêndoas com um toque de pimenta caiena. Antes de chegar os pedidos, recebemos um delicioso pão caseiro, exclusividade do Outback, com uma manteiga.  

 

 

 

Meus pedidos no Outback Cuiabá: almoço mais que perfeito! Fotos: Bárbara Fontes.

 

 

 

OutbackCuiabá_EueManoel_fotoYael Botelho
Eu e Manoel Zorzal. Foto: Yael Botelho.

 

O proprietário da unidade Outback Cuiabá, Manoel esteve presente e eu aproveitei para dizer que sentia algo diferente na comida do Outback, e perguntei qual era o segredo. Manoel respondeu que são os temperos secretos que tornam os pratos do restaurante diferentes de outros lugares. Ele mostrou uma prateleira com 17 frascos que significam: 16 são tipos de temperos e especiarias.

 

 

 

 

OutbackCuiabá19_Easy-Resize.com
Foto: Bárbara Fontes

 

E o 17º tempero? Manoel explicou ao pegar o último frasco com pequenas bolinhas que lembram pérolas negras de diversos tamanhos e tonalidades: só existe em Cuiabá e representa todas as pessoas que trabalham e visitam a unidade! Cada restaurante Outback no mundo todo tem o seu 17º frasco especial. O que torna um simples almoço da semana em uma experiência que vai além da gastronomia porque também tem humanidade. Outras coisas também me chamaram a atenção durante o almoço: a alegria dos colaboradores no atendimento e as várias comemorações de aniversário. O aniversariante do mês ganha a sobremesa com direito ao ‘Parabéns pra Você dos outbackers. Era uma festa atrás de outra! 

 

 

 

Outback: um pouco de História

Tudo começou quando o filme australiano Crocodilo Dundee estreou mundo afora. Um dos maiores sucessos do país do canguru até hoje, não apenas ganhou fãs apaixonados, como também ganhou uma rede de restaurantes em sua homenagem: o Outback! Engana-se quem pense em se tratar de uma famosa franquia australiana espalhada nos quatro cantos do mundo, com todas as referências possíveis à fauna, flora e cultura nativa, na verdade é um empreendimento estadunidense que surgiu de um grupo de amigos malucos pelo filme Crocodilo Dundee. Nos primeiros anos da empresa, todas as unidades eram decoradas de acordo com o filme! Atualmente a rede de restaurantes faz parte do grupo Bloomin’ Brands, com milhares de funcionários em todo mundo.

 

CrocodiloDundee_poster_IMDb
Poster do filme Crocodilo Dundee (1986). Fonte: IMDb.com

 

Esta história bacana eu ouvi pessoalmente do proprietário do Outback Cuiabá, Manoel Maia Zorzal, durante o almoço para jornalistas convidados. Ele também contou que a Outback não é uma franquia. É uma empresa que possui unidades comandadas por funcionários de carreira da própria Outback. Antes de Manoel vir parar na calorosa e hospitaleira tricentenária Cuiabá, ele havia ralado muito por nove anos, onde inciou como garçom, depois bartender e passou por todos os setores da empresa. Hoje, ele é a pessoa que trouxe um dos restaurantes mais desejados pelos cuiabanos. Perdi a conta de quantas vezes na vida ouvi “falta um Outback em Cuiabá”. Agora não falta mais! Na verdade, ao meu ver, falta sim: Manoel abre um em Várzea Grande!!        

 

O Outback é famosa pela sua cebola gigante Bloomin’ Onion, a costela de porco feita em chama aberta com molho barbecue e o chopp que vem numa caneca supercongelada. Esses são os mais pedidos durante o Billabong Hour, o happy hour da Outback. Os pratos e drinks do cardápio do restaurante também trazem referências ao país, como é o caso do aperitivo Kookaburra Wings (sobreasas de frango empanadas), inspirado no Kookaburra, um pássaro grande e imponente, símbolo da Austrália.

 

 

 

Bloomin’ Onion antes e depois. Tem seu formato inspirado na flor australiana Waratah que geralmente tem cores avermelhadas e floresce na Austrália nos meses de setembro e novembro. Foto 1: Bárbara Fontes. Foto 2: site Outback Brasil.

 

 

 

Outback em Cuiabá

Entrar na unidade cuiabana é realmente fazer uma viagem à Austrália, um país de primeiro mundo, quente como o Brasil e cheio de riquezas culturais. Tudo o que há no restaurante tem um motivo: seja no uniforme da hostess (anfitriã), a querida Kariny Azambuja, que lembra um guia que leva os turistas para conhecer o Monte Conner, no Outback (região desértica da Austrália). A decoração possui pinturas (com areias) de animais que só existe naquele país e objetos da cultura aborígene. É tudo lindo e acolhedor!

 

 

 

Outback Cuiabá, da entrada às áreas internas. Fotos: Bárbara Fontes.

 

 

 

 

hostess Kariny recebe os frequentadores do Outback Cuiabá. Detalhes da decoração australiana. Fotos Bárbara Fontes.

 

 

 

 

Detalhes que fazem toda a diferença no Outback Cuiabá. Fotos Bárbara Fontes

 

 

O Outback Cuiabá está localizado no Shopping Estação Cuiabá. O restaurante possui uma área de 611m², 240 lugares, novo design inspirado no deserto da Austrália. Manoel Zorzal contou para o Blog da Bárbara Fontes que já fazia alguns anos que a Outback planejava abrir uma unidade em Cuiabá. Foram realizados muitos estudos e pesquisas que mostraram que a cidade, que recentemente completou 300 anos, possui potencial para receber o empreendimento. São 100 empregos diretos! Durante a fase de recrutamento para trabalhar no Outback Cuiabá, mais de quatro mil pessoal se candidataram às vagas oferecidas. 

 

Desde a sua inauguração, no final de 2018, a Outback Cuiabá tem superados todas as expectativas de funcionamento, atendimento e lucros. Mais uma prova de que Cuiabá é a cidade das boas oportunidades.  

 

 

Serviço

Outback Steakhouse Shopping Estação Cuiabá

Horário de funcionamento:

Segunda à quinta – 11h30 às 23h

Sextas e sábados – 11h30 às 00h

Domingos e feriados – 11h30 às 22h30

Billabong Hour – 17h às 20h

End: Avenida Miguel Sutil, 9300 – Duque de Caxias –  Piso L1

 

*Agradecimentos:

O Blog da Bárbara Fontes agradece o Outback Brazil por proporcionar a experiência gastronômica; ao senhor Manoel Zorzal pela receptividade e ótima conversa; à Yael Botelho, da Yod Comunicação pelo convite e pela ajuda na escolha dos pratos; e a todos os outbackers que nos atenderam.

 

**A matéria também possui informações das Assessorias de Imprensa: Jeffrey Group e Yod Comunicação. 

 

 

 

Anúncios