MT: Resultado Eleições 2018

Confira os eleitos do estado de Mato Grosso

 

O empresário e ex-prefeito de  Cuiabá, Mauro Mendes (DEM) é eleito governador de Mato Grosso. Em segundo lugar ficou Wellington Fagundes (PR). De todo o pleito, apenas três mulheres foram eleitas. Confira o resultado da apuração abaixo*:

Mauro Mendes – 58,69% dos votos válidos

Wellington Fagundes – 19,56%

Pedro Taques (PSDB) – 19,00%

Arthur Nogueira (REDE) – 1,72%

Moisés Franz (PSOL) – 1,03%

 

Os senadores eleitos foram Selma Arruda (PSOL) e Jayme Campos (DEM).  Confira os resultados abaixo:

Selma Arruda – 24,65% dos votos válidos

Jayme Campos – 17,82%

Carlos Fávaro (PSD) – 15,80%

Adilton Sachetti (PRB) – 12,10%

Nilson Leitão (PSDB) – 12,00%

Procurador Mauro (PSOL) – 8,21%

Professora Maria Lúcia (PC do B) – 6,26%

Dr. Waldir Caldas (NOVO) – 2,60%

Aladir (PPL) – 0,34%

Gilberto Lopes Filho (PSOL) – 0,22%

Sebastião Carlos (PPL) – não aparece

 

Das oito vagas na câmara federal, somente Carlos Bezerra (MDB) conseguiu se reeleger. Apenas uma mulher foi eleita: Professora Rosa Neide (PT). Confira os resultados abaixo:

Nelson Barbudo (PSL) – 8,52 dos votos válidos

José Medeiros (PODEMOS) – 5,57%

Emanuelzinho  (PTB) – 5,18%

Neri Geller (PP) – 4,93%

Carlos Bezerra – 3,99%

Dr. Leonardo (SOLIDARIEDADE) – 3,53%

Professora Rosa Neide – 3,44%

Juarez Costa (MDB) – 3,37%

 

Reeleita, a deputada estadual Janaína Riva continua sendo a única  mulher na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Confira os 24 deputados estaduais eleitos//reeleitos:

1º- Janaina Riva (MDB) – 3,40 dos votos válidos

2º- Nininho (PSD) –  2,47% – reeleito

3º- Max Russi (PSB ) – 2,31 – reeleito

4º- Eduardo Botelho (DEM) – 2,23% – reeleito

5º- Delegado Claudionei (PSL) – 1,98%

6º- Guilherme Maluf (PSDB) – 1,98% – reeleito

7º- Dilmar Dal Bosco (DEM) – 1,90% – reeleito

8º- Engenheiro Sebastião Machado Rezende (PSC) – 1,69% – reeleito

9º- Xuxu Dal Molin (PSC) – 1,57%

10º- Lúdio Cabral (PT) – 1,50%

11º- Valdir Barranco (PT) – 1,45% – reeleito

12º- Eliseu Nascimento (DC) – 1,41%

13º- Valmir Moretto (PRB) – 1,40%

14º- Faissal (PV) – 1,35%

15º- Dr. João (MDB) – 1,31%

16º- Thiago Silva (MDB) – 1,28%

17º- Ulysses Moraes (DC) – 1,24%

18º- Professor Alan (PDT) – 1,23% – reeleito

19º- Wilson Santos (PSDB) – 0,98% – reeleito

20º- Dr. Eugênio (PSB) – 0,89%

21º- Silvio Favero (PSL) – 0,80%

22º- Dr. Gimenez (PV) – 0,80%

24º- Paulo Araujo (PP) – 0,77%

24º- João Batista do SINDSPEN (PROS) – 0,75%

 

*Fonte: TRE/MT

**Crédito da foto de capa: Palácio do Governo de MT/\Crédito: Secom-MT

Anúncios

Tira-dúvidas – Eleições 2018

Neste domingo, 147.306.275 eleitores brasileiros vão às urnas. Viva a Democracia!

Acabou o horário eleitoral, acabaram os debates e agora é refletir em quem votar ou confirmar os candidatos que merecem o voto de confiança. Pense bem porque são quatro anos de mandato que afetam na vida de toda a nação brasileira.

UrnaEletronica_TSE_1
Reprodução/TSE

A decisão mais importante é a de comparecer no local de votação e votar. Faça valer a sua vontade e aperte o botão verde (Confirma) da urna eletrônica. Se o candidato (a) escolhido vai ganhar ou não, isso depende da maioria, porém, cada um de nós fizemos a parte que nos cabia na democracia.

No dia de votação

É neste domingo, 07 de outubro, que 147.306.275 eleitores vão às urnas em todo país.  Se tiver dúvidas sobre o local de votação, acesse o site do Tribunal Superior Eleitora (TSE) ou do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seu Estado. Basta clicar em Local de Votação e digitar o número do título de eleitor, data de nascimento e o nome da mãe. Para votar é necessário estar com um documento de identificação com foto (RG; CNH; Carteira de Trabalho).

Eleições_reproduçaoTSE
Reprodução/TSE

Identificação biométrica

Este ano, algumas cidades vão ter Seções com leitura digital no ato da identificação. A biometria é mais uma ferramenta de segurança para que as eleições possam ocorrer sem fraudes.

O que é o e-Título?

O Brasil sempre está à frente nas inovações tecnológicas no que se refere ao pleito eleitoral. Este ano, o e-Título, que é um título digital com foto e todas as informações pessoais, vai facilitar a vida dos eleitores. Segundo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de seis milhões de eleitores já baixaram de graça o aplicativo (vídeo no final desta matéria).

De frente com a urna: como votar

Ao se deparar com a urna eletrônica, eleitores devem votar em seis candidatos. A primeiro escolha é para Deputado Federal. Logo em seguida, para Deputado Estadual (ou Deputado Distrital, se estiver no Distrito Federal). O próximo voto é para Senador:  eleitores precisam escolher dois (2) candidatos. Pode escolher só um? Pode sim. Pode votar duas vezes no mesmo candidato? Não pode. Se fizer isso, o segundo voto vai ser anulado! O voto seguinte é para Governador, e por último é para Presidente da República.  Quando digitar o número, aparecerá a foto do candidato na  urna. No caso dos candidatos a Governador e à Presidência da República, também vai aparecer as fotos dos seus vices. Ao digitar os números para Senador, vai aparecer a foto do candidato e de seus dois (2) suplentes.

Atenção: votos brancos e nulos não vão para os candidatos!

É muito candidato para votar, posso fazer uma colinha?

Deve! E aqui vai uma dica do Blog da Bárbara Fontes: faça a cola de acordo com a ordem de votação que está na urna, comece com Deputado Federal e termine com Presidente da República. Se tiver dúvida, releia o parágrafo acima (De frente com a urna: como votar).

Atenção: Não faça a cola no celular. É proibido entrar na urna com aparelho móvel. Ahh…e nem ouse fotografar o momento do voto. Vai dar muita encrenca!

Viva a DEMOCRACIA!

blog_bandeira

 

O Blog da Bárbara Fontes desde o início da campanha eleitoral tem seguido uma linha editorial a favor da democracia e incentivando os seus milhares de leitores em todo país a participar das eleições. O Brasil possui uma democracia recente, portanto, ainda estamos aprendendo e o processo eleitoral faz parte dessa aprendizagem que nos levará ao um país melhor. Não desista, não desanime com a situação atual do país. Vote com confiança neste domingo! Parabéns para todos nós!

 Para saber mais:

Vídeo explicativo sobre o e-Título:

 

TSE

Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997)

Código Eleitoral

Eleitores de Mato Grosso, acesse o site do TRE:

TRE-MT

*Gostou dessa matéria? O Blog da Bárbara Fontes é um site independente, com recursos próprios e precisa da sua ajuda. Seja um apoiador do blog! Saiba mais aqui.

Eleições 2018

Neste domingo, eleitores podem votar em dois candidatos para Senador

Nas eleições deste ano há duas vagas para Senador (em 2014 foi uma vaga). O mandato dos senadores é de oito anos, e a cada eleição ocorre alteração da composição da Câmara do Senado, em Brasília, composta de 81 senadores. Este ano, candidatos de todo país disputam 54 vagas. Eleitores podem votar em dois candidatos ou votar em apenas um, porém NÃO pode votar duas vezes no mesmo candidato. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), quem tentar votar duas vezes no mesmo candidato, o segundo voto será anulado.

O direito de votar nas eleições é uma conquista da nação brasileira, que por décadas viveu sob o regime militar e não tinha o direito de votar (e nem de se expressar livremente!).  Hoje, eleitores podem decidir nas urnas quem serão os seus representantes, afinal, quem paga os salários e benefícios dos eleitos, é a própria nação.

UrnaEletronica_TSE_1
Reprodução: TSE

Neste domingo é tudo ou nada! Faça valer o seu voto! Vote para presidente do Brasil; para governador; para deputado estadual e deputado federal; e vote também em dois senadores.

Fim da propaganda eleitoral gratuita

Segundo Tribunal Superior Eleitoral, hoje, quinta-feira, 04 de setembro, termina a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão (Lei das Eleições, artigo 47). Também é o último dia para propaganda política em reuniões públicas ou comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre 8h e meia noite, com exceção do comício de encerramento da campanha, que pode se estender por mais duas horas. O prazo-limite para realização de debates no rádio e na televisão também termina hoje.

Sexta-feira é o último dia para a divulgação paga na imprensa escrita, de propaganda eleitoral e para a reprodução na internet, de jornal impresso. Quem violar as regras da Lei 9.504/1997 e do Código Eleitoral está cometendo crime eleitoral.

Esclareça todas as suas dúvidas nos sites abaixo:

TSE

Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997)

Código Eleitoral

Eleitores de Mato Grosso, acesse o site do TRE:

TRE-MT

*Gostou dessa matéria? O Blog da Bárbara Fontes é um site independente, com recursos próprios e precisa da sua ajuda. Seja um apoiador do blog! Saiba mais aqui.